Abrindo a mente para internacionalização de marketplace

Em 2014 fiz minha primeira missão empresarial internacional para o Vale do Silício com o apoio do Sebrae, que selecionou minha startup como uma das top 15 do Rio de Janeiro para o programa Sebrae TechCrunch.  Durante essa missão eu e meu sócio tivemos a oportunidade de conhecer melhor o ecossistema empreendedor de São Francisco, visitando diversas startups de sucesso como Google e Facebook, Twitter, aceleradoras de renome, incubadoras e participando do maior evento de tecnologia mundial, o TechCrunch, onde fizemos o lançamento oficial da nossa primeira solução para marketplaces e a validação da nossa ideia em escala mundial.

Em 2015 repetimos a dose dos EUA e fomos também conhecer o ecossistema de Londres, UK através de um convite do Consulado Britânico e UKTI, e uma premiação que recebi da Shell Livewire, um programa social de empreendedorismo da Shell.  Lá tivemos a oportunidade de conhecer outros tipos de incubadoras, aceleradoras, co-workings e participar da London Tech Week, o maior evento de tecnologia da região. Também tivemos acesso a uma ampla pesquisa de mercado sobre nosso setor, disponibilizada por uma consultoria reconhecidamente capacitada.

Já no final de 2017 fomos premiados pelo programa StartOut Brasil para participar de uma missão internacional a Paris, França.  E lá além de visita ao ecossistema conseguimos realizar diversas reuniões com fornecedores e parceiros e ter acesso a informações sobre o segmento de marketplaces na Europa.

Toda essa experiência em nível internacional me trouxe alguns aprendizados que acho muito relevante compartilhar:

  1. O brasileiro precisa abrir a mente sobre como tem capacidade de alcançar novos voos.  Enquanto americanos, chineses e indianos criam uma empresa já pensando em atingir o mundo, aqui nos preocupamos em atingir um determinado bairro, Estado e raramente o país.  Eu sempre brinco que na nossa empresa temos a síndrome do Pink e o cérebro, queremos dominar o mundo! Nosso objetivo é revolucionar o mundo do e-commerce, um marketplace por vez.
  2. Em Londres o hábito de networking é extremamente forte.  Eles ajudam o ecossistema a crescer. Se não conseguem te ajudar, ou te passar uma informação eles sempre te indicam o melhor caminho a seguir.  
  3. Falhar é importante.  Nos EUA a cultura de falhar para alcançar melhores resultados é nativa em todos.  Eles levam em consideração que a pessoa que teve uma empresa que falhou terá aprendido e fará melhor na próxima empresa.  No Brasil a maior parte das pessoas tem vergonha em falhar, e você acaba sendo mal visto por isso.
  4. Nosso governo tem vários programas de apoio à internacionalização por meio do Sebrae, Apex, Anprotec, e outros.  Basta acompanhar informações para ter acesso. Como os programas são sem fins lucrativos, eles subsidiam todo o calendário, consultorias, visitas e outros, e na maior parte você apenas gasta com passagem e hospedagem.  Alguns deles inclusive realizam premiações para as melhores empresas ofertando a passagem. Em uma das nossas viagens eu recebi integralmente as passagens, e na outra a viagem inteira foi subsidiada para mim e para meu sócio.
  5. O  mercado de e-commerce na França é super maduro.  O hábito de consumo pela internet é amplo e vale a pena estudar os cases de marketplace por lá.  As maiores vendas de produtos pela internet são realizadas em marketplaces.
  6. Nos países mais desenvolvidos os empreendedores têm o hábito de compartilhar experiências.  Até mesmo concorrentes se reúnem para discutir sobre o mercado. Aqui no Brasil ainda estamos engatinhando um pouco nesse caminho.  Os brasileiros ainda preferem deter a informação na ilusão de que isso dá algum diferencial. Vide no dia a dia dos funcionários que a maioria gosta de reter a informação na esperança de se tornar extremamente necessário para a empresa.

O Brasil hoje tem alguns produtos reconhecidos mundialmente, tais como cachaça, café, grãos, dentre outros.  Muitos desses produtos já estão sendo exportados em lote B2B (business to business – de empresa para empresa), contudo temos pouca operação de exportação B2C(business to consumer – de empresa para consumidor) acontecendo.  Grande parte da nossa população realiza importação de produtos de marketplaces externos, tais como Alibaba e e-bay. Em grande parte isso se dá pelo baixo custo relacionado a esses produtos, como por exemplo no segmento de eletrônicos.  Contudo, existem alguns segmentos onde temos produtos exclusivos e que podem ser trabalhados de forma internacional. Basta que o gestor do marketplace estude informações sobre o seu portfólio, seu público alvo e como a operação pode ser realizada.

O e-commerce permite um fácil acesso à globalização, contudo diversos marketplaces de nicho não estão aproveitando essa oportunidade.  Para facilitar o seu planejamento, criei um e-book com informações que vão te ajudar a se estruturar e abrir a sua mente com a possibilidade de internacionalização.  Para fazer download do e-book acesse http://ebook.n2nvirtual.com.br/internacionalizar-marketplace.

[E-book] Oportunidades para internacionalizar o seu marketplace

O Brasil hoje tem alguns produtos reconhecidos mundialmente, tais como cachaça, café, grãos, dentre outros.  Muitos desses produtos já estão sendo exportados em lote B2B, contudo temos pouca operação de exportação B2C acontecendo.  Grande parte da nossa população realiza importação de produtos de marketplaces externos, tais como Alibaba e e-bay. Em grande parte isso se dá pelo baixo custo relacionado a esses produtos, como por exemplo no segmento de eletrônicos.  Contudo, existem alguns segmentos onde temos produtos exclusivos e que podem ser trabalhados de forma internacional. Basta que o gestor do marketplace estude informações sobre o seu portfólio, seu público alvo e como a operação pode ser realizada.

O e-commerce permite um fácil acesso à globalização, contudo diversos marketplaces de nicho não estão aproveitando essa oportunidade.  Para facilitar o seu planejamento, criamos um e-book com informações que vão te ajudar a se estruturar e abrir a sua mente com a possibilidade de internacionalização.

Para acessar o e-book, clique aqui.

N2N Virtual te ajuda a participar do MLExperience

Pensando sempre em oferecer melhores benefícios para nossos clientes, fechamos uma parceria com o Mercado Livre com oferta exclusiva para a rede da N2N Virtual participar do evento MLExperience:  20% de desconto na aquisição de ingresso.

Marcada para o dia 1º de setembro de 2018, a terceira edição do Mercado Livre Experience – um dos maiores eventos de e-commerce do país – promete bater a marca de 10 mil de pessoas vivendo juntas uma experiência de imersão em conteúdo, networking e negócios.

Quem esteve no evento em 2017 pretende voltar este ano! 100% dos participantes confirmaram interesse em voltar nesta edição e estão com a expectativa lá em cima. Afinal, foram quase 10 horas de conteúdo distribuídas em sete salas que funcionavam simultaneamente. Um dia intenso de aprendizados e oportunidades para conhecer novos parceiros entre os 56 estandes dos patrocinadores e apoiadores.

Guiados pelo mestre de cerimônias Marcos Piangers – jornalista e autor do livro “O papai é pop” -, os 85 palestrantes se revezaram nos sete palcos do evento, discutindo experiência do consumidornovas tecnologias e aplicaçõesinovação e comportamento. Entre os nomes que fizeram valer o ingresso para 95% do público estavam: Nir Eyal, autor do best-seller “Hooked, how to build habit-forming product” e professor da Stanford, Sam Lown, CTO da Cabify, Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank, Leandro Herrera, CEO da Tera, Stelleo Tolda, COO do Mercado Livre e outros executivos da companhia.

Crescimento contínuo

Para 2018, o evento quer ir além. Seja aumentando a área do evento para abrigar um público 72% maior. Mas, principalmente, proporcionando experiências capazes de impactar o mercado de e-commerce.

“O Mercado Livre Experience sintetiza o que é o Mercado Livre, sempre melhorando e se aprimorando com uma energia incrível”, conta Stelleo Tolda. E é essa energia que vai contagiar os pavilhões do São Paulo Expo em setembro.

Serão oito salas de conteúdo simultâneos, trazendo temas de inovaçãotecnologia e e-commerce. Com nomes como Josh Silverman, CEO do Etsy e ex-CEO de empresas como Shake Shack e Skype, em uma área de 26 mil m² com estandes preparados para gerar negócios tanto para os expositores, como para os visitantes, promovendo muito networking.

E, por falar em networking, o Mercado Livre Experience quer que você aproveito ao máximo o dia para fazer contatos. Por isso, fará a transmissão simultânea de todas as palestras em telões distribuídos nas áreas de exposição. Assim, você pode acompanhar o conteúdo através do fone de ouvido ao mesmo tempo que circula entre os estandes.

Quer participar do Mercado Livre Experience 2018 com condição especial?

Para ter acesso ao desconto, adquira o ingresso no site http://www.mercadolivreexperience.com.br/ adicionando o cupom de desconto ML18-N2NV.

N2N Virtual leva caravana com 10 clientes a Marketplace Conference

Nos dias 06 e 07 de junho, ocorreu em São Paulo o evento Marketplace Conference, uma conferência sobre marketplaces.  Em parceria com a E-commerce Brasil, a N2N Virtual, plataforma que permite a qualquer pessoa criar e gerenciar seu próprio marketplace, organizou uma caravana com 10 clientes de todo o Brasil para participarem gratuitamente do evento.  

A conferência contou com participação de grandes marketplaces como B2W, Amazon, Walmart, Netshoes, e-Bay, Magazine Luiza e Via Varejo.  Entre as palestras disponibilizadas, foram abordados assuntos como criação de marketplace de nicho, internacionalização via marketplaces, precificação, recompra, fraude, entrega, meio de pagamento, vendas, dentre outros.

Entre os participantes estava Newton Cesar, gestor de e-commerce da CPAD, publicadora oficial da igreja Assembléia de Deus, que está lançando um e-commerce internacional com a N2N Virtual.  Newton achou muito proveitoso o evento e gratificante o presente que receberam da N2N Virtual.

Andreas Madau, sócio da Sweet Market, o primeiro marketplace de doces de alta qualidade do Brasil, relatou que participou do evento para aprimorar os conhecimentos sobre temas relacionados a marketplace, realizar divulgação e fazer networking.

Essa ação faz parte do programa de benefícios exclusivo para clientes da N2N Virtual, que oferece acesso a diversos parceiros e eventos com desconto, ou mesmo de forma gratuita.  A CEO da N2N Virtual, Erica Castilho, relata que o programa foi pensado de forma a ajudar os donos de marketplaces que utilizam a plataforma da empresa a crescer no seu negócio de forma mais rápida.  Além de oferecer a tecnologia, a N2N Virtual se preocupa em trazer uma solução completa para o cliente alcançar o sucesso do seu marketplace.

E se você está planejando lançar o seu marketplace, experimente grátis nossa plataforma ou fale com um consultor para tirar suas dúvidas.

 

Sobre o Marketplace Conference:

O E-Commerce Brasil MARKETPLACE CONFERENCE 2018 reuniu 3000 congressistas para 2 dias de conteúdo de alto nível técnico focados em marketplace.

Em novo formato, o evento contou com 8 áreas de conteúdo com trilhas técnicas, além de salão de negócios com mais de 60 expositores e espaços de networking.

Sobre a N2N Virtual

A N2N Virtual lançou sua solução voltada para B2B2C, ou B2B2B em 2016, e validou o MVP (mínimo produto viável) com 700 empresas.  Agora já conta com dezenas de marketplaces lançados e está em tração do seu negócio. A marca já participou de programas como Iniciativa Jovem da Shell, incubação na IETEC da CEFET/RJ, Inovativa Brasil e StartOut Brasil e premiações para participação de missões empresariais para o Vale do Silício, Londres Tech City e Paris. Com posicionamento global, a plataforma já foi lançada para funcionar em qualquer língua e qualquer moeda.

www.n2nvirtual.com.br

Promoção do Dia do consumidor

No dia 15 de Março comemora-se o dia do consumidor.  Para festejar essa data com nossos clientes preparamos duas super ofertas:

  1. Se você já é nosso cliente conta com o desconto de 10% para patrocínio de novas funcionalidades.  Aproveite para desenvolver aquela customização que você estava planejando.
  2. Se você ainda não é cliente, pode aproveitar para lançar o seu marketplace contando com 50% de desconto na taxa fixa durante os 3 primeiros meses.  De R$ 700,00 por R$ 350,00. Basta adquirir diretamente no nosso marketplace clicando aqui.

Promoções até 15/03/2018.

 

O Dia Mundial dos Direitos do Consumidor foi comemorado, pela primeira vez, em 15 de março de 1983. Essa data foi escolhida em razão do famoso discurso feito, em 15 de março de 1962, pelo então presidente dos EUA, John Kennedy. Em seu discurso, Kennedy salientou que todo consumidor tem direito, essencialmente, à segurança, à informação, à escolha e de ser ouvido. Isto provocou debates em vários países e estudos sobre a matéria, sendo, por isso, considerado um marco na defesa dos direitos dos consumidores.

 

InovAtiva recebe inscrições para ciclo de aceleração de 2018  

O Inovativa Brasil, programa de aceleração que a N2N Virtual fez parte em 2017, está com inscrições abertas.  Aproveite essa oportunidade para colocar a sua startup em um novo nível!

Programa terá uma única edição neste ano, com período mais longo de mentorias;
empreendedores devem se inscrever no site do InovAtiva até 5 de março
Brasília (5 de fevereiro) – Estão abertas, a partir desta segunda-feira, as inscrições para
o ciclo 2018 do InovAtiva Brasil. O programa de aceleração de startups do Ministério
da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) e Sebrae vai receber, neste ano, 300
empresas que passarão por rodadas de mentoria de alto nível, capacitação, bootcamps e
demoday.
Uma novidade em 2018 é que as startups só terão essa oportunidade para se inscrever
no programa. De 5 de fevereiro a 5 de março, os empreendedores devem preencher o
formulário na plataforma do InovAtiva com dados cadastrais e informações sobre o
projeto. O resultado sairá no dia 2 de abril.
De abril a junho, até 300 empresas selecionadas vão participar de um primeiro ciclo de
mentorias e cursos de capacitação. No dia 9 de junho, será realizado um bootcamp
regional simultaneamente em até 10 cidades brasileiras, com mentorias individuais e
oficinas temáticas.
Logo após esse evento, 100 empresas serão escolhidas para avançar rumo à etapa de
conexão com o mercado e investidores. Após mais dois meses de mentorias, elas
participarão, em São Paulo, do bootcamp final e, no dia 27 de agosto, do primeiro
Demoday InovAtiva de 2018, quando poderão apresentar suas soluções para
investidores, clientes e possíveis parceiros. Após o demoday, essas empresas terão
acesso a nova rodada de mentorias individuais e capacitações online por mais quatro
meses.
As 200 empresas não selecionadas para a primeira edição do demoday vão permanecer
no InovAtiva e continuarão tendo acesso aos mentores e cursos online. Em julho, outras
100 startups indicadas pelo Sebrae e instituições parceiras do InovAtiva entrarão
diretamente no Ciclo de aceleração, juntando-se a esse grupo.
No dia 29 de setembro será realizada uma segunda edição do bootcamp regional e, logo
na sequência, uma nova seleção de cem finalistas vai avançar para a etapa de conexão
com o mercado. Na primeira semana de dezembro, será realizado o bootcamp final e o
segundo demoday de 2018. Até março de 2019, essas empresas terão mentorias,
capacitações e conexões pós-demoday.
Como explicou o secretário de Inovação e Novos Negócios do MDIC, Marcos Vinícius
de Souza, a reestruturação do Inovativa permitirá que as empresas tenham mais contato
com mentores e, dessa forma, mais tempo para amadurecer seus negócios.
“O InovAtiva 2018 terá um período mais longo de capacitação e mentoria, um demoday
mais qualificado e maior foco na conexão com o mercado, após a primeira banca de
apresentação. Com isso, os empreendedores terão mais segurança nas escolhas que
fazem para escalar seus negócios no mercado”, disse.

“O novo processo do InovAtiva vai possibilitar o desenvolvimento mais estruturado e
estratégico das startups selecionadas, que poderão aprimorar seu modelo de negócio
com foco em gestão e mercado, fortalecendo sua presença no mundo digital e junto a
seus clientes”, destaca a diretora técnica do Sebrae, Heloisa Menezes. Segundo ela, o
Sebrae tem esse papel de aproximar as startups dos mentores, investidores, facilitando
sua conexão com o ecossistema brasileiro de negócios inovadores.

InovAtiva Brasil
Lançado em 2013, o InovAtiva Brasil é um programa gratuito de aceleração de startups.
Podem participar empresas em estágio de validação, operação e tração. O programa
conta com mais de 700 mentores voluntários, com representantes de grandes empresas
como Google, Microsoft, Samsung, Siemens e Embraer. Mais de 640 startups já foram
aceleradas pelo InovAtiva.
No ano passado, o programa foi escolhido pela OCDE como um benchmark
internacional de inovação no setor público. Em 2016, o InovAtiva foi eleita a Melhor
Aceleradora do país em premiação da ABStartup.
O programa é realizado pelo MDIC e Sebrae, com execução da Fundação CERTI. São
parceiros do InovAtiva: Senai, ABDI, Abes Software, ABVCap, Anjos do Brasil,
Anpei, Anprotec, Apex-Brasil, BNDES, Brasscom, CNI, Endeavor Brasil, Facebook,
HBS Angel e McKinsey & Company.

Lance agora mesmo o seu marketplace!

Entre em contato conosco!